Razões porque Deus nos envia seus anjos

Muitos acreditam que os anjos ainda estão entre nós.

Na verdade, o nome anjo significa “mensageiro”, e podemos ter certeza de que quando eles estão aqui, eles estão presentes para um propósito muito específico. Ao longo da história, os anjos foram enviados por Deus para trazer uma mensagem de esperança, para proteger, consolar, servir, realizar o seu julgamento, e para dar-lhe louvor.

Há pessoas que tiveram encontros com anjos neste plano físico. Talvez, alguns estejam cientes destas reuniões com seres espirituais. Outros ainda, não podem não fazer ideia que caminharam ou possivelmente falaram com um anjo.

Os nomes de anjos são variados e possuem um significado angelical na maioria das vezes. Nos é dito no livro de Hebreus (13:2): “Não se esqueça de mostrar hospitalidade a estranhos, pois fazer isso também é mostrado hospitalidade aos anjos”.

Deus é o mesmo em todas as gerações, e podemos confiar que Ele não nos deixou sozinhos. Neste artigo, vamos ver quais são as principais razões que Deus envia seus anjos.

Razões pelas quais Deus envia anjos

Foto de Anjo

Aqui estão razões pelas quais Deus enviou anjos na Bíblia e o que suas histórias nos ensinam.

Trazem a mensagem de Deus

Muitas pessoas acreditam que os anjos sempre estão presentes em nosso convívio. Eles são os mensageiros de Deus, e há um vasto reino espiritual que nos rodeia, embora não possamos vê-lo com nossos olhos(Colossenses 1:16).

Há muitos exemplos na Bíblia quando Deus envia um anjo para dar uma mensagem específica a uma pessoa ou a um grupo.

Às vezes, eles vem para dar uma palavra de encorajamento ou de esperança para o que ainda estava para vir. Outras vezes, vieram para dar um aviso claro para o povo de Deus, para terem a correta proteção e orientação.

Aqui estão alguns exemplos da Bíblia onde Deus enviou anjos com mensagens:

Em Gênesis 18, Deus enviou três desses mensageiros a Abraão e Sara para lhes dizer que mesmo na sua velhice, ela logo teria um filho. Em apenas um ano, a profecia aconteceu.

Em Gênesis 16, Deus enviou um anjo ao servo de Sara, Hagar, no deserto, quando ela fugiu depois de se sentir ferida e maltratada. Lemos a história de como a mensagem do anjo era dar esperança de que Deus realmente viu sua situação, e ela não foi esquecida.

Ele enviou um anjo a Gideão desanimado em Juízes 6, que o cumprimentou com as palavras: “o Senhor está com você, poderoso guerreiro”.

Protegem o povo Dele

Como crentes, nunca precisamos ter medo de anjos. Embora esta possa ser a nossa resposta normal se alguma vez encontramos uma, a Bíblia nos lembra repetidamente que não precisamos temê-los (Lucas 2:10).

Muitas vezes ao longo da história, e ainda hoje, Deus envia anjos para proteger, guardar e lutar por nós. Nós não temos autoridade sobre os anjos. E a Bíblia nunca nos diz para dar-lhes instrução ou para comandá-los. Essa é a obra de Deus somente.

Ele nos diz, nas palavras poderosas do Salmo 91, que daria aos anjos a responsabilidade de nos guardar em todos os nossos caminhos.

Deus enviou um anjo para proteger Daniel quando ele foi jogado na cova do leão. Daniel 6: 22 diz que ele fechou a boca dos leões, de modo que nenhum mal veio ao que foi achado inocente diante de Deus.

Confortar e consolar

Muitas vezes, Deus envia anjos para nos ajudar a enfrentar tempos extremos de dor, perda ou tristeza.

Vemos muitos relatos na Bíblia, quando Deus envia Seus mensageiros para proporcionar conforto e para ministrar àqueles que estão em necessidade e para as pessoas que estão passando desta vida para a próxima.

Quando Elias estava com medo e correndo pela sua vida em 1 Reis 19, um anjo apareceu a ele e forneceu comida e água para a sua viagem.

Depois que Jesus passou 40 dias no deserto e se levantou forte contra as tentações do diabo, Mateus 4:11 diz: “então o diabo o deixou, e eis que os anjos vieram e estavam ministrando a ele.”

Conclusão

Não importa o quão difícil é o seu problema, os anjos sempre estarão por perto para te ajudar, seja com bons pensamentos ou influenciando suas boas ações.